Encontro Científico da Semana Acadêmica de Relações Internacionais - UFGD

Conferências disponíveis

Encontro Científico da IX Semana Acadêmica de Relações Internacionais da UFGD

Faculdade de Direito e Relações Internacionais da UFGD

outubro 23, 2019 – outubro 26, 2019

A IX Semana Acadêmica de Relações Internacionais da UFGD visa promover a discussão sobre relevantes temáticas do campo das Relações Internacionais, sobretudo as quais encontramos no estado de Mato Grosso do Sul: Direitos Humanos e Integração. Tais eixos serão abordados sob uma perspectiva que destaca os mais diferentes níveis de análise, entrelaçando demandas e problemática locais às globais.

O curso de Relações Internacionais da UFGD, por estar situado em uma região de fronteira, destaca-se na função de proporcionar debates com o intuito de conseguir possíveis soluções para a região e, com isso, impactar de modo positivo na resolução de conflitos e divergências.

Assim sendo, a IX SARI representa uma oportunidade para fortalecer a discussão de temas pertinentes na agenda da Política Internacional, destacando uma região que se distância geograficamente dos grandes centros produção científica. Durante os 03 dias de evento, os congressistas terão a disposição as mais diferentes atividades, como palestras, minicursos e apresentações de trabalhos acadêmicos, todas estas com o objetivo de ressaltar importantes temas do cenário internacional.


Visualizar detalhes da conferência

Encontro Científico da X Semana Acadêmica de Relações Internacionais - UFGD

UFGD
Faculdade de Direito e Relações Internacionais
BR

novembro 4, 2019 – novembro 8, 2019

As análises das relações internacionais – sem perder de vista suas especificidades de campo do conhecimento científico –,exigem a incorporação de dimensões inter-multidisciplinares em temas como: o “fortalecimento da democracia”, a“garantia da igualdade de acesso à justiça”, o “combate aos abusos, traumas e violências sistêmicas”, a “promoção deinstituições transparentes e inclusivas”, o “fomento de políticas para o desenvolvimento sustentável”, a “prevenção doterrorismo”, a “luta contra o crime organizado”, a “proteção dos direitos e das liberdades fundamentais”, dentre outros.Neste contexto, tais desafios se colocam dentro do rol de objetivos de desenvolvimento sustentável promovidos pelasNações Unidas (ODS-16) e, apresentam-se como pontos de partida importantes para refletir sobre os mais diversos atores eagendas, que rotineiramente se sobrepõem e se ressignificam ao longo do século XXI.Assim, é possível que conceitos tradicionais como governança, democracia, ordem e hegemonia – mesmo que possuamvalor heurístico intrínseco –, não sejam hábeis o suficiente para compreender sozinhos as transformações globais emandamento. Por isso, é fundamental a realização de um estudo que viabilize a adaptação continuada a cenários efêmeros –cheios de riscos e novas ameaças –, bem como torne eficaz instrumentos que favoreçam os bens comuns e coletivos, taiscomo: a paz, a liberdade, a dignidade e a sustentabilidade para todos. Portanto, as comunicações científicas buscarãoavançar em novas abordagens, questões e problemas, assim como no estabelecimento de interconexões entre atores eagendas. Tais desafios são basilares para a apreensão das teorias, das metodologias e dos fenômenos internacionais nacontemporaneidade.

Visualizar detalhes da conferência