Sistema Eletrônico de Administração de Eventos da UFGD


Seminário do Programa Residência Pedagógica (PRP), Seminário do PIBID e Seminário Fórum das Licenciaturas da UFGD

I-Seminário do Programa de Residência Pedagógica (PRP), II-Seminário do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência (PIBID) e II- Seminário do Fórum das Licenciaturas da Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD)

Tema -Formação de Professores em tempos pandêmicos: projetos institucionais, ações universitárias e suas conexões com a escola

Acessar a conferência

Anais da Semana de Letras da FACALE e do Encontro Diálogos entre Letras

Acessar a conferência

Anais do VIII ECOPET - Encontro Centro-Oeste dos Grupos PET - ISBN: 978-65-990497-8-1

O VIII ECOPET ocorreu nos dias 04 a 07 de setembro de 2021, com o tema “PET 4.0 e a Transformação do Conhecimento: Democracia – Políticas Públicas – Inclusões”, que contou com a apresentação de trabalhos, na modalidade de resumos expandidos, orientados em inovar e disseminar as iniciativas de excelência alcançadas pelos Grupos PET da Região Centro-Oeste, com o propósito de cumprir o princípio constitucional do programa para as atividades de ensino, pesquisa e extensão na educação superior, sempre considerando as diferentes abordagens teóricas e as peculiaridades das diferentes áreas.

 

Acessar a conferência

SINEP - Simpósio Nacional de Engenharia de Produção - e-ISSN: 2763-5708

O SIMPÓSIO NACIONAL DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO – SINEP é um evento que ocorre na cidade de Dourados-MS, sendo organizado pela Associação Estudantil de Engenharia de Produção (AEEP) e professores da Universidade Federal da Grande Dourados - UFGD.  Trata-se de um evento de periodicidade anual que vem sendo realizado pela AEEP desde 2018, e tem como missão discutir temas relevantes da engenharia de produção e promover a atualização contínua da engenharia através de debates e estudos avançados no setor.

Acessar a conferência

Encontro Nacional de Ranicultura (Enar) e International Meeting on Frog Research and Technology (Technofrog)

O Encontro Nacional de Ranicultura (ENAR) é um evento genuinamente brasileiro, que começou em 1978, em Brasília (DF). Sua última edição ocorreu em 2011 na Universidade Federal de Uberlândia (UFU/MG). Desde então, nenhum outro evento nacional ocorreu. O ENAR sempre foi um evento de celebração e união entre produtores, técnicos, pesquisadores, professores e empresários em geral, que trabalham ou têm interesse na criação comercial de rãs. No intuito de eliminarmos esse lapso de tempo e seguindo a tendência crescente dos eventos virtuais em tempos de pandemia de Covid-19, estamos organizando o encontro no formato nacional e internacional (XIII ENAR/ IV TECHNOFROG), totalmente "on-line", a ser realizado entre os dias 9 e 13 de novembro de 2020.  O Tema escolhido para essa edição é "Carne de rã: a proteína aquática do milênio".

Acessar a conferência

Encontro Científico da Semana Acadêmica de Relações Internacionais - UFGD

O Encontro Científico da XIV SARI UFGD aconteceu durante o dia 10 de agosto de 2023 de forma online pelo canal do CARI Celso Amorim.

A realização de análise da Política Externa Brasileira – sem deixar de lado os diversos campos de atuação em sua volta –, exige a incorporação de dimensões multidisciplinares em temas como: segurança internacional, descentralização da política externa brasileira, mecanismo de atuação da política externa brasileira, política de ação do Brasil em relação a outros continentes, política externa brasileira frente aos grandes blocos mundiais, dentre outros. Nesse sentido, o olhar sobre o campo das relações internacionais brasileiras vai se afunilando, exibe diferentes formas e posturas frente aos acontecimentos do cenário mundial de acordo com a vertente política responsável pelo Estado, decidindo de que maneira a nação brasileira se portará.

A política externa sempre será influenciada por uma conjuntura de fatores, como a formulação interna dos Estados e os interesses de seus líderes, as mudanças bruscas no meio internacional, sejam em cenários caóticos ou não. Historicamente, o Brasil sempre se posicionou e atuou como um dos protagonistas, com políticas externas abrangentes pautadas nos mais variados aspectos. Apesar das mudanças do posicionamento brasileiro no cenário internacional nos últimos anos, muito por conta das diferentes lideranças, o governo atual tenta recuperar novamente a autonomia e a posição de protagonismo do Brasil nas relações internacionais, alçando-o à posição de onde jamais deveria ter saído: ser agente direto em inúmeras discussões de segurança internacional e se reaproximar dos demais Estados, principalmente do espectro político de esquerda.

Nesse contexto, a realização de estudos acadêmicos e científicos desempenha um papel fundamental na compreensão e na reconstrução da política externa brasileira. A busca pelo protagonismo do Brasil frente aos desafios globais requer uma análise aprofundada e embasada em evidências, que a área de pesquisa fornece com primor. Ao abordar temas multidisciplinares, como os citados anteriormente, os pesquisadores contribuem para o desenvolvimento de conhecimentos sólidos e embasados, capazes de guiar as tomadas de decisão e as políticas públicas. A Semana Acadêmica de Relações Internacionais se apresenta como um espaço privilegiado para o intercâmbio de ideias, o debate crítico e a difusão do conhecimento, fomentando uma reflexão enriquecedora sobre a reconstrução da política externa brasileira e o papel do país no cenário global. Portanto, a integração dos estudos acadêmicos é essencial para estimular o avanço do conhecimento e a formação de novas perspectivas.

Acessar a conferência

Colóquio de Psicologia, Educação e Trabalho

O I Colóquio Psicologia, Educação e Trabalho: Construindo diálogos inclusivos em diferentes contextos de desenvolvimento humano ocorrerá em Dourados, MS, de 25 a 26 de abril de 2019. É organizado pelo Grupo de Pesquisa Psicologia, Educação e Trabalho: Inclusão em contextos de desenvolvimento (GEPETIn-Contextos) em parceria com a Universidade Federal da Grande Dourados - UFGD. O evento visa reunir pesquisadores, acadêmicos e profissionais que lidam com a produção e uso de conhecimento nos processos de desenvolvimento humano nos contextos educacionais e de trabalho, apoiados nos princípios da educação inclusiva, da pluralidade de trajetórias acadêmicas e profissionais e da promoção do bem-estar no trabalho. Com esta iniciativa, o debate que se propõe possui um caráter teórico-metodológico inovador, pautando-se no diálogo entre áreas, contextos e atores sociais distintos, possibilitando assim a ampliação de paradigmas existentes na tentativa de melhor compreender os processos de desenvolvimento e as práticas humanizadoras e promotoras de desenvolvimento e bem-estar. Espera-se ainda fortalecer a produção acadêmica e profissional da Psicologia da região Sul-Mato-Grossense por meio de desafios teóricos-metodológicos emergentes nestes contextos, estimulando interlocuções entre investigadores, estudantes, professores e profissionais que atuam com processos de desenvolvimento humano.

Acessar a conferência

Simpósio e Semana Acadêmica de Nutrição da UFGD

O Simpósio e a Semana Acadêmica de Nutrição da UFGD terão como objetivos promover o diálogo entre docentes, discentes, técnicos, profissionais da área da saúde e afins e a comunidades, com discussões no âmbito regional, ampliando, assim, o conhecimento científico e troca de experiências. Trata-se de um evento organizado por docentes e acadêmicos do curso de Nutrição que contemplará atividades teórico-práticas das grandes áreas de atuação do nutricionista. Entre as atividades propostas, destacam-se palestras, minicursos, exposição de trabalhos científicos (pôster e oral) e mesa de diálogo acerca dos diversos tópicos abordados em alimentos e nutrição. Além disso, o evento oportunizará a articulação entre as instituições regionais, com o desenvolvimento de atividades que incentivem a interdisciplinaridade e a pesquisa.

Acessar a conferência

SICONF - Simpósio de Contabilidade e Finanças da UFGD - e-ISSN: 2675-1720

XIII SICONF - Simpósio de Contabilidade e Finanças de Dourados

Tema: Normas Internacionais de Contabilidade

 

Submissão de Artigos e Relatórios Técnicos: 05/09/2023 até 20/10/2023.
Data do evento: 20 à 24/11/2023.

 

 

 

Acessar a conferência

Congresso Nacional de Educação Matemática da Grande Dourados

Este Congresso é organizado pela  equipe de Educadores Matemáticos da Grande Dourados, possuindo parceria com alguns estados como Paraná, São Paulo, Rio Grande do Sul, Rondônia e outros
Nosso objetivo e divulgar pesquisas da área de Educação Matemática que estão sendo desenvolvidas no Brasil. Além disso, fortalecer os grupos de pesquisa participantes.

Acessar a conferência

SELAC - Seminário de Literatura e Arte Contemporânea - e-ISSN: 2594-4681

ANAIS - CADERNO DE RESUMOS:


SOBRE O EVENTO:

A realização do Seminário de Literatura e Arte Contemporânea (SELAC) é uma ampliação das discussões desenvolvidas no âmbito do Grupo de pesquisa “Estudos em Literatura e Arte Contemporânea” e pelos docentes e discentes do Grupo de Estudo InterArtes e do projeto de pesquisa “Simulacros fanopáticos do sujeito latino americano”, ligado à Faculdade de Comunicação, Artes e Letras (FACALE) e à Pró-Reitoria de Pesquisa da Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD).

A iniciativa pretende proporcionar ao participante um conjunto de reflexões e de instrumentos de leitura (de índole essencialmente teórica) que incidam sobre a relação entre diferentes produções discursivas: literária, musical, cinematográfica e pictórica. O diálogo entre a Literatura e outras manifestações artísticas é de fundamental importância para se refletir a sociedade, o ensino e a cultura, tendo em vista a abrangência e pertinência da discussão de Literatura comparada no espaço acadêmico.

O evento estimula reflexão crítica da contemporaneidade no que tange à abrangência das artes na sociedade, além de aguçar as propriedades estéticas das diferentes artes e seus influxos, sendo voltado à estudantes de Letras, de Artes e toda a comunidade.

As discussões mais recentes referentes à ressignificação do conceito de cultura, das novas roupagens literárias e de suas relações com outras artes, vêm ao encontro das preocupações deste evento, que se encontram, acima de tudo, direcionadas para os desafios lançados sobre o ensino, a pesquisa e a extensão universitária.

Além de suprir a carência desses estudos, o seminário também visa a focalizar as peculiaridades regionais das artes e suas relações com a tradição, suas influências sobre as manifestações artísticas locais, temática de suma importância para nosso tempo em que a disciplina de Literatura vem sendo sistematicamente mitigada na grade comum curricular. Como consequência desse descaso com o ensino da Literatura assistimos a formação de jovens brasileiros ser elaborada apenas a partir de conhecimentos técnicos e práticos, como se apenas disso dependesse a sua constituição subjetiva. É muito apropriado pontuar, nesse momento, que a consciência subjetiva só pode ser estruturada quando se puder limitá-la com o “outro”.

As subjetividades e o diálogo com o “outro” são princípios significativos em uma região fronteiriça como a que se encontra a cidade de Dourados. As peculiaridades dessa região de culturas diversas farão parte das discussões, mantendo o diálogo com a arte e com os sujeitos históricos que a tornam uma espécie de bifurcação cultural. O convívio com as comunidades estrangeiras torna necessário levantar a discussão sobre a identidade nacional, bem como a construção dessa identidade dentro de contextos políticos e sociais complexos. Propomos, um espaço de conhecimento e discussão acerca do universo que nos rodeia, por meio da partilha de experiências das pesquisas desenvolvidas e das práticas pedagógicas por elas norteadas.

O estudo da Literatura e das artes contribui para a formação de um repertório artístico pedagógico interligado ao contexto cultural, não dispensando o alcance da subjetividade e a simbologia da arte como representação do mundo e dos sujeitos que a fazem. Refletiremos sobre a arte na Educação e os espaços apreciativos dados a ela, tanto no ambiente escolar quanto no acadêmico. Nesse sentido serão estudadas e analisadas as relações entre algumas produções literárias e artísticas, mas também alguns dos fundamentos estéticos mais importantes que têm explicado, consentido e legitimado a relação entre a literatura e outras artes, com especial sua incidência sobre a crítica do século XXI.

 

CONTATO:

interartesufgd@gmail.com

selac.ufgd@gmail.com (apenas na época do evento)

 

:: Comunicadores:

  • São aceitos trabalhos/pesquisas que abordem as seguintes áreas do conhecimento: Letras, Literatura, Linguística, Artes Cênicas, Artes Visuais, Arte Contemporânea, Comunicação, Cinema, Teatro, Dança, Música, Mídias Sociais Digitais, HQ, Pedagogia, Educação, História.

 

Acessar a conferência

Seminário Internacional Etnologia Guarani - e-ISSN: 2526-0863

O Seminário Internacional Etnologia Guarani emerge da necessidade de encontro e conversas entre pesquisadores indígenas e não indígenas em especial estudiosos e demais interessados sobre os povos falantes da língua guarani. O evento é uma parceria entre a área de ciências humanas da Licenciatura Intercultural Indígena Teko Arandu e o Programa de Pós-Graduação em Antropologia Sociocultural – PPGAnt/UFGD. Trata-se de evento conjunto entre a Faculdade Intercultural Indígena – FAIND e a Faculdade de Ciências Humanas – FCH, ambas da Universidade Federal da Grande Dourados – UFGD. O público alvo são os alunos do curso de Licenciatura Intercultural Indígena Teko Arandu, demais cursos da UFGD, de outras universidades e a sociedade em geral.

O cone sul do Mato Grosso do Sul atualmente é habitado por mais de 50 mil pessoas, Guarani e Kaiowá, distribuídos em dezenas de comunidades e variadas formas de assentamento. Conta com a presença de várias instituições de ensino superior, acessadas por centenas de indígenas na graduação e na pós-graduação. Assim, o estado tornou-se um expoente campo produtor de conhecimento e receptor de pesquisadores de distintas localidades e instituições que buscam produzir conhecimento nas diversas áreas sobre e com os indígenas falantes de guarani, denominados no Mato Grosso do Sul como Kaiowá e Guarani.

Ademais, a Universidade Federal da Grande Dourados comemora em 2016 dez anos da criação do primeiro curso específico para a população indígena Kaiowá e Guarani. Trata-se da Licenciatura Intercultural Indígena Teko Arandu, lotada na Faculdade Intercultural Indígena. Esta faculdade conta atualmente com mais de 200 acadêmicos cursistas e cerca de 120 professores kaiowá e guarani licenciados.

Em MS, há 15 anos atrás, não havia um único professor indígena com formação diferenciada. O VII Fórum de Educação Escolar Indígena, reunido na Aldeia Jaguapiru, Dourados – MS, contou com mais de 600 professores indígenas habilitados em cursos de formação de nível superior e médio. A estimativa do Fórum é que há, no estado, 800 profissionais indígenas de diversas etnias atuantes nas escolas indígenas. Este contexto confere relevância à reflexão sobre o papel dos professores indígenas em suas comunidades e os desafios da consolidação de uma educação diferenciada em sintonia com as necessidades das comunidades.

Temos assistido nas últimas décadas o recrudescimento das disputas territoriais com grande impacto sobre as populações indígenas do estado que vivem confinadas em reservas superpovoadas ou em áreas precárias à beira das rodovias, acampamentos e retomadas. Este cenário marca profundamente as especificidades do trabalho de campo em etnologia no Mato Grosso do Sul, pois é preciso considerar as experiências destas populações que afetam a sociedade do entorno e as universidades. A produção de conhecimento junto a comunidades indígenas em Mato Grosso do Sul é constantemente desafiada a contribuir no diálogo entre as iniciativas de intervenção do Estado e as demandas das comunidades.

Este momento de intercâmbio e troca de saberes proporcionará aos acadêmicos e pesquisadores das instituições de ensino e pesquisa e da sociedade em geral, um espaço de diálogos e de intercâmbios de experiências de trabalho de campo e abordagens metodológicas e teóricas.

Acessar a conferência

Anais do Workshop de Pós-Graduação em Zootecnia e Ciência Animal do Estado de Mato Grosso do Sul - e-ISSN: 2525-7048

Workshop de Pós-Graduação em Zootecnia e Ciência Animal do Estado de Mato Grosso do Sul é um evento anual organizado pelos cursos de Pós-Graduação em Zootecnia e Ciência Animal do estado de Mato Grosso do Sul com o objetivo de integrar os cursos e promover o aperfeiçoamento dos discentes e docentes.

Acessar a conferência