Índice de títulos


Encontro Científico da Semana Acadêmica de Relações Internacionais - UFGD

  • ENCONTRO CIENTÍFICO DA XI SEMANA ACADÊMICA DE RELAÇÕES INTERNACIONAIS DA UFGD

  • Encontro Científico da X Semana Acadêmica de Relações Internacionais - UFGD

    novembro 4, 2019 – novembro 8, 2019

    As análises das relações internacionais – sem perder de vista suas especificidades de campo do conhecimento científico –,exigem a incorporação de dimensões inter-multidisciplinares em temas como: o “fortalecimento da democracia”, a“garantia da igualdade de acesso à justiça”, o “combate aos abusos, traumas e violências sistêmicas”, a “promoção deinstituições transparentes e inclusivas”, o “fomento de políticas para o desenvolvimento sustentável”, a “prevenção doterrorismo”, a “luta contra o crime organizado”, a “proteção dos direitos e das liberdades fundamentais”, dentre outros.Neste contexto, tais desafios se colocam dentro do rol de objetivos de desenvolvimento sustentável promovidos pelasNações Unidas (ODS-16) e, apresentam-se como pontos de partida importantes para refletir sobre os mais diversos atores eagendas, que rotineiramente se sobrepõem e se ressignificam ao longo do século XXI.Assim, é possível que conceitos tradicionais como governança, democracia, ordem e hegemonia – mesmo que possuamvalor heurístico intrínseco –, não sejam hábeis o suficiente para compreender sozinhos as transformações globais emandamento. Por isso, é fundamental a realização de um estudo que viabilize a adaptação continuada a cenários efêmeros –cheios de riscos e novas ameaças –, bem como torne eficaz instrumentos que favoreçam os bens comuns e coletivos, taiscomo: a paz, a liberdade, a dignidade e a sustentabilidade para todos. Portanto, as comunicações científicas buscarãoavançar em novas abordagens, questões e problemas, assim como no estabelecimento de interconexões entre atores eagendas. Tais desafios são basilares para a apreensão das teorias, das metodologias e dos fenômenos internacionais nacontemporaneidade.

  • Encontro Científico da IX Semana Acadêmica de Relações Internacionais da UFGD

    outubro 23, 2019 – outubro 26, 2019

    A IX Semana Acadêmica de Relações Internacionais da UFGD visa promover a discussão sobre relevantes temáticas do campo das Relações Internacionais, sobretudo as quais encontramos no estado de Mato Grosso do Sul: Direitos Humanos e Integração. Tais eixos serão abordados sob uma perspectiva que destaca os mais diferentes níveis de análise, entrelaçando demandas e problemática locais às globais.

    O curso de Relações Internacionais da UFGD, por estar situado em uma região de fronteira, destaca-se na função de proporcionar debates com o intuito de conseguir possíveis soluções para a região e, com isso, impactar de modo positivo na resolução de conflitos e divergências.

    Assim sendo, a IX SARI representa uma oportunidade para fortalecer a discussão de temas pertinentes na agenda da Política Internacional, destacando uma região que se distância geograficamente dos grandes centros produção científica. Durante os 03 dias de evento, os congressistas terão a disposição as mais diferentes atividades, como palestras, minicursos e apresentações de trabalhos acadêmicos, todas estas com o objetivo de ressaltar importantes temas do cenário internacional.


  • Encontro Científico da VIII Semana Acadêmica de Relações Internacionais

    outubro 25, 2019 – outubro 27, 2019

    A 8ª Semana Acadêmica de Relações Internacionais da UFGD busca promover o debate sobretemas relevantes para o campo das Relações Internacionais, como Povos Indígenas,Migrações, Comércio Exterior, Integração Regional e Fronteiras. Tais assuntos serãoabordados por uma perspectiva que considera os diferentes níveis de análise, conectandodemandas e questões locais às temáticas globais. O curso de Relações Internacionais daUFGD, por estar localizado em uma região de fronteira-locuspropício para odesenvolvimento de relações econômicas, culturais e sociais entre as nações-destaca-se nafunção de desenvolver capacidades que auxiliem na internacionalização dos setores público eprivados da região. Nesse sentido, a Semana Acadêmica representa uma oportunidade parafortalecer a discussão de temas da política internacional em um ambiente que se distanciageograficamente dos grandes centros produção científica da área. Para isso, serão realizadasdiferentes atividades como palestras, mesas redondas, minicursos e apresentações de trabalhos no Encontro Científico.
    A 8ª SARI da UFGD aconteceu entre os dias25 e 27 de Outubro de 2017.

Colóquio de Psicologia, Educação e Trabalho

O I Colóquio Psicologia, Educação e Trabalho: Construindo diálogos inclusivos em diferentes contextos de desenvolvimento humano ocorrerá em Dourados, MS, de 25 a 26 de abril de 2019. É organizado pelo Grupo de Pesquisa Psicologia, Educação e Trabalho: Inclusão em contextos de desenvolvimento (GEPETIn-Contextos) em parceria com a Universidade Federal da Grande Dourados - UFGD. O evento visa reunir pesquisadores, acadêmicos e profissionais que lidam com a produção e uso de conhecimento nos processos de desenvolvimento humano nos contextos educacionais e de trabalho, apoiados nos princípios da educação inclusiva, da pluralidade de trajetórias acadêmicas e profissionais e da promoção do bem-estar no trabalho. Com esta iniciativa, o debate que se propõe possui um caráter teórico-metodológico inovador, pautando-se no diálogo entre áreas, contextos e atores sociais distintos, possibilitando assim a ampliação de paradigmas existentes na tentativa de melhor compreender os processos de desenvolvimento e as práticas humanizadoras e promotoras de desenvolvimento e bem-estar. Espera-se ainda fortalecer a produção acadêmica e profissional da Psicologia da região Sul-Mato-Grossense por meio de desafios teóricos-metodológicos emergentes nestes contextos, estimulando interlocuções entre investigadores, estudantes, professores e profissionais que atuam com processos de desenvolvimento humano.

  • I Colóquio de Psicologia, Educação e Trabalho: construindo a inclusão em diferentes contextos

    abril 25, 2019 – abril 26, 2019

Simpósio e Semana Acadêmica de Nutrição da UFGD

O Simpósio e a Semana Acadêmica de Nutrição da UFGD terão como objetivos promover o diálogo entre docentes, discentes, técnicos, profissionais da área da saúde e afins e a comunidades, com discussões no âmbito regional, ampliando, assim, o conhecimento científico e troca de experiências. Trata-se de um evento organizado por docentes e acadêmicos do curso de Nutrição que contemplará atividades teórico-práticas das grandes áreas de atuação do nutricionista. Entre as atividades propostas, destacam-se palestras, minicursos, exposição de trabalhos científicos (pôster e oral) e mesa de diálogo acerca dos diversos tópicos abordados em alimentos e nutrição. Além disso, o evento oportunizará a articulação entre as instituições regionais, com o desenvolvimento de atividades que incentivem a interdisciplinaridade e a pesquisa.

  • v. 2 n. 2: XI Simpósio e IV Semana Acadêmica de Nutrição da UFGD

    setembro 24, 2019 – setembro 27, 2019

    O XI Simpósio e a Semana Acadêmica de IV Nutrição da UFGD terão como objetivos promover o diálogo entre docentes, discentes, técnicos, profissionais da área da saúde e afins e a comunidades, com discussões no âmbito regional, ampliando, assim, o conhecimento científico e troca de experiências. Trata-se de um evento organizado por docentes e acadêmicos do curso de Nutrição que contemplará atividades teórico-práticas das grandes áreas de atuação do nutricionista. Entre as atividades propostas, destacam-se palestras, minicursos, exposição de trabalhos científicos (pôster e oral) e mesa de diálogo acerca dos diversos tópicos abordados em alimentos e nutrição. Além disso, o evento oportunizará a articulação entre as instituições regionais, com o desenvolvimento de atividades que incentivem a interdisciplinaridade e a pesquisa.

  • v. 1 n. 1: X Simpósio e III Semana Acadêmica de Nutrição da UFGD

    dezembro 19, 2018 – dezembro 20, 2018

    X SIMPÓSIO E III SEMANA ACADÊMICA DE NUTRIÇÃO DA UFGD

SICONF - Simpósio de Contabilidade e Finanças da UFGD - e-ISSN: 2675-1720

X SICONF - Simpósio de Contabilidade e Finanças de Dourados
Tema: Sustentabilidade e Gestão Pública

Submissão de Artigos e Relatórios Técnicos: 18/05/2020 até 13/09/2020.
Data do evento: 16/11/2020 até 19/11/2020.

 

Inscrições: Acesse AQUI

Submissões: Acesse AQUI

Submissão de Relatório Técnico (novidade).

Submissão de artigos com Fast-Track para periódicos nacionais:

Cadernos de Gestão e Empreendedorismo
PODIUM Sport, Leisure and Tourism Review
Revista Ambiente Contábil
Revista APGS
Revista Contabilidade e Controladoria
Revista Controladoria e Gestão
Revista de Contabilidade da UFBA
Revista de Gestão e Negócios do Esporte
Revista Desafio (on-line)
Revista Metropolitana de Governança Corporativa
Revista Opara
Revista Razão Contábil e Finanças
Revista REGE
Revista Sinergia
Revista ABCustos
Revista Mineira de Contabilidade
Evento com ISSN

  • X SICONF - Simpósio de Contabilidade e Finanças de Dourados

    novembro 16, 2020 – novembro 18, 2020

    X Simpósio de Contabilidade e Finanças da UFGD - UFGD - Universidade Federal da Grande Dourados - 16 a 18 de novembro de 2020

    X SICONF - Simpósio de Contabilidade e Finanças de Dourados
    Tema: Sustentabilidade e Gestão Pública

    Submissão de Artigos e Relatório Técnico: 18/05/2020 até 30/09/2020.
    Data do evento: 16/11/2020 até 19/11/2020.

     

    CRONOGRAMA – Todas as noites, das 19h às 21h (horário de MS)

    2ª feira – 16/11

    3ª feira – 17/11

    4ª feira – 18/11

    *Palestrantes: Prof. Dr. José Roberto Kassai- FEA/USP  e Prof. Dr.  Hans Michael Van Bellen (UFSC)

    Tema -  Sustentabilidade

    Moderação: Profª  Drª Elise Soerger Zaro

     

    *Palestrantes: Prof. Alexandre Quintana (FURG) e Profª Drª  Cláudia Cruz (UFRJ)

    Moderação: Prof Dr Rosemar José Hall

     

     

    **Apresentação de trabalhos

     

    *Local: Ambiente virtual, pelo canal do youtube da FACE / UFGD

    ** Salas virtuais por meio do google meet

    Endereço da página do evento: http://ocs.ufgd.edu.br/index.php?conference=scf&schedConf=SICONF2019

    Problema

     

    2ª feira – 16/11/2020 – 19h às 21h

    José Roberto Kassai

    Professor da FEA/USP e da UNIVESP, Doutor e Mestre em Contabilidade e Controladoria, Coordenador do Núcleo de Estudos em Contabilidade e Meio Ambiente (NECMA/USP), com especializações realizadas na Bélgica, no Japão e na Amazônia, exerceu cargos executivos em empresas e em consultoria empresarial, Ex-Fiscal de Rendas SP, membro e conselheiro da FIPECAFI. Autor e co-autor de diversos artigos e dos livros: Contabilidade Ambiental - Relato Integrado e Sustentabilidade (GEN/Atlas), Retorno de Investimento (Atlas), Cálculos para Negócios (Casio), Pequenas Empresas (Sebrae), Compêndio Indicadores de Sustentabilidade das Nações (WHH), Environmental Equity of Nations: Reflection on the Scenario of Climate Change (McGraw-Hill Italy), Contabilidade Gerencial e Sustentabilidade (Atlas), Relato Integrado/O Futuro da Governança Corporativa IBGC (Saint Paul), Integrated Reporting a new accounting disclosore (Palgrave Macmillan UK - Italy). Membro da Superintendência de Gestão Ambiental da Universidade de São Paulo (SGA/USP), membro do Conselho Fiscal da Fundação Amazonas Sustentável, membro do colegiado do Conselho Consultivo do Global Reporting Initiative no Brasil (GRI); Coordenador do USP International Conference in Accounting. (Texto informado pelo autor)

    Certificado pelo autor em 29/05/2020

    Hans Michael Van Bellen

    Possui graduação em Engenharia Mecânica pela Universidade Federal de Santa Catarina (1991), mestrado em Administração pela Universidade Federal de Santa Catarina (1996), doutorado em Engenharia de Produção pela Universidade Federal de Santa Catarina (2002) com realização de doutorado modalidade Sandwich pela Universität Dortmund (2001) e realização de Pós Doutorado junto a University of California - Berkeley. Atualmente é professor associado da Universidade Federal de Santa Catarina, vinculado ao Departamento de Engenharia do Conhecimento do Centro Tecnológico. Atua como docente e pesquisador nos programas de pós graduação em Administração e Contabilidade. Tem experiência na área de Administração atuando principalmente nos seguintes temas: indicadores de sustentabilidade, desenvolvimento sustentável, gestão da sustentabilidade, governança pública e economia ecológica. Coordena o grupo de Pesquisa Observatório da Sustentabilidade e Governança da UFSC e participa dos grupos SIADES - Sistema de Informações Ambientais para o Desenvolvimento Sustentável da USP, SandS - Surf and Sustainability Research Group do grupo de pesquisa em Empreendedorismo e Inovação. (Texto informado pelo autor)

    Certificado pelo autor em 05/10/2020

     

    3ª feira – 17/11/2020 – 19h às 21h

    PALESTRANTES

    Alexandre Costa Quintana

    Doutor em Controladoria e Contabilidade pela Universidade de São Paulo (USP), Mestre em Administração pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e Graduado em Ciências Contábeis pela Universidade Federal do Rio Grande (FURG). Atualmente professor da Universidade Federal do Rio Grande(FURG). Coordenador do Programa de Pós-Graduação em Contabilidade - Mestrado Acadêmico da Universidade Federal do Rio Grande (FURG). Autor dos Livros: Fluxo de Caixa: Demonstrações Contábeis; Contabilidade Pública; Exame de Suficiência do CFC Comentado; Transparência: instrumento para governança pública no Brasil; NBCASP - Normas de Contabilidade Aplicadas ao Setor Público sob a ótica das IPSAS: um estudo comparativo; Contabilidade Básica; e Controle Gerencial e Educação em Contabilidade: discutindo perspectivas. Tem experiência na área de Contabilidade, com ênfase em Educação em Contabilidade e Contabilidade Aplicada ao Setor Público. (Texto informado pelo autor)

    Certificado pelo autor em 02/10/2020

    Claudia Ferreira da Cruz

    Claudia Cruz é Doutora em Controladoria e Contabilidade (PPGCC/FEA/USP - 2015), Mestre em Ciências Contábeis (PPGCC/UFRJ - 2010) e Graduada em Ciências Contábeis (UEFS/BA - 2008). Atualmente exerce atividades de docência e pesquisa na Universidade Federal do Rio de Janeiro. Tem experiência em treinamentos corporativos de padrões internacionais de Contabilidade. Áreas de interesse e atuação em pesquisa: Contabilidade e Finanças Públicas; Transparência e Accountability na Gestão Pública; Disclosure de Informações Contábeis; e Padrões Internacionais de Contabilidade. (Texto informado pelo autor)

    Certificado pelo autor em 29/09/2020

     

    4ª feira – 18/11-– 19h às 21h

    Apresentação de trabalhos

    - Apresentação por meio de salas virtuais do google meet em no máximo 10min (com sugestões da banca, bem pontuais).

    Aos inscritos de outras cidades, que não são obrigados a apresentar, convida-se para apresentação de forma virtual ou gravação de um vídeo, o qual será colocado no canal da FACE.

    Inscrições: Sem envio de trabalhos -  Gratuitas aos participantes

    Com Envio de trabalhos: - R$ 30,00 (com apresentação)

    - R$ 50,00 (sem apresentação)

     

     

    Inscrições: Acesse AQUI

    Submissões: Acesse AQUI

    Submissão de Relatório Técnico (novidade).

    Submissão de artigos com Fast-Track para periódicos nacionais:

    Cadernos de Gestão e Empreendedorismo
    PODIUM Sport, Leisure and Tourism Review
    Revista Ambiente Contábil
    Revista APGS
    Revista Contabilidade e Controladoria
    Revista Controladoria e Gestão
    Revista de Contabilidade da UFBA
    Revista de Gestão e Negócios do Esporte
    Revista Desafio (on-line)
    Revista Metropolitana de Governança Corporativa
    Revista Opara
    Revista Razão Contábil e Finanças
    Revista REGE
    Revista Sinergia
    Revista ABCustos
    Revista Mineira de Contabilidade
    Evento com ISSN

     

  • IX Simpósio de Contabilidade e Finanças da UFGD

    outubro 21, 2019 – outubro 25, 2019

    IX SICONF - Simpósio de Contabilidade e Finanças de Dourados
    Tema: Contabilidade e Mercado Financeiro.
    Submissão de Artigos: 20/05/2019 até 17/09/2019.
    Data do evento: 21/10/2019 até 25/10/2019.

     

    2ª feira – 21/10

    3ª feira – 22/10

    4ª feira – 23/10

    5ª feira – 24/10

    6ª feira – 25/10

    *Palestra de abertura com Prof. Dr. Alex Mussoi Ribeiro - UFSC - Contabilidade e Mercados Financeiros

    *Palestra Eliseu Severo Nantes - É sócio da Expertise e atua como Financial Advisor da XP Investimentos

    *Mesa Redonda:     Mercado Financeiro e Agronegócio. Com:

    - Mauricio Okabayashi - (Investimentos cooperativos – repres. SICREDI);

    - Giuliano AlvesFerreira - Representante BungeMonteverde;

    - Cléber Fernandes -Representante Banco do Brasil –Investimentos paraPessoas Físicas;

    - Daniel Bento Macedo - Gerente de AgênciaCredicoamo Coamo

    **Minicursos:

    1- Cleston Alexandre dos Santos - Pesquisa experimental aplicada em contabilidade (UFMS/CPTL)

    2- Rafael Todescato - Ativos Biológicos (COOF/UFGD)

    3- Robson Benedito Farias - Disclosure ambiental e regressão com dados em painel (PU / UFGD)

    4- Guilherme Grigoletti-(Banco Bradesco): Demonstrações Contábeis na Análise de Crédito

    5- Cristiane Aparecida Silva - HU/UFGD: Revisão Sistemática e Análise de Redes – Lab 2

    6 - Elise Soerger Zaro (FACE / UFGD) - Relato Integrado

    7 - Thiago Silva Oliveira (Empresa kryptech) – Como montar uma Carteira de investimentos?

    **Apresentação de Trabalhos

     

    *Local: Auditório da UFGD – Unidade 1 (21/10/2019 até 23/10/2019).

    ** Salas da FACE / UFGD – Unidade 2 (24/10/2019 até 25/10/2019).


     

     

    Submissão de artigos com Fast-Track para periódicos nacionais:

    • Revista Ambiente Contábil
    • Revista de Administração da UNIFATEA
    • Revista de Ciências Contábeis da UFMT

  • VIII Simpósio de Contabilidade e Finanças da UFGD

    novembro 5, 2018 – novembro 9, 2018

    VIII SICONF - Simpósio de Contabilidade e Finanças de Dourados tem o intuito fornecer aprendizagem e conhecimento abordando temas contábeis específicos a fim de alcançar avanços em sua elucidação, aproveitando o tempo da melhor maneira possível, despertando interesse dos profissionais de todas as áreas, para conclusões de extrema relevância para determinadas disciplinas, circunstância que envolve a difusão de trabalhos e integração de cursos.

     

    Profissional 4.0: perspectivas para formação e atuação dos profissionais de contabilidade e finanças na Economia 4.0.

    O ensino superior ao redor do mundo vem sendo impactado, como praticamente todas as áreas, pelas mudanças tecnológicas, econômicas e sociais observadas na última década. Por trás dessas mudanças verificasse o surgimento de um novo modelo de produção e de interação social, sustentado por diversas tecnologias classificadas como disruptivas e que tem recebido o título de Indústria 4.0 por ser entendido como a quarta revolução industrial.

    As chamadas tecnologias disruptivas (internet das coisas – IoT; experiências imersivas – realidade virtual, realidade aumentada e realidade mista; blockchainedgecloud computing;  impressão 3d; materiais avançados – novos componentes químicos, catalisadores, supercondutores, novos displays; inteligência artificial – IA para serviços; energia renovável) são exemplos de como o avanço exponencial da tecnologia acelera as transformações em escala global e está cada vez mais presente em nossas vidas pessoais e profissionais.

    O evento pretende reunir pesquisadores e profissionais que atuam em contato direto com as mudanças tecnológicas que tem impulsionado a Indústria 4.0 a fim de debater sobre os desafios e oportunidades para a formação e atuação dos profissionais das áreas de contabilidade, controladoria, finanças, sistemas de informações e afins.

    Serão abordados temas como Educação 4.0, Inteligência Artificial - IA, Internet das Coisas - IoT, Big Data e Cloud Computing, dentre outras transformações que tem impactado a sociedade e em especial a economia e o mercado de trabalho.

    Estará em pauta ainda o papel da Universidade e demais órgãos que atuam diretamente na formação profissional, diante teste cenário.

     

Congresso Nacional de Educação Matemática da Grande Dourados

Este Congresso é organizado pela  equipe de Educadores Matemáticos da Grande Dourados, possuindo parceria com alguns estados como Paraná, São Paulo, Rio Grande do Sul, Rondônia e outros
Nosso objetivo e divulgar pesquisas da área de Educação Matemática que estão sendo desenvolvidas no Brasil. Além disso, fortalecer os grupos de pesquisa participantes.
Nosso evento é trienal

  • v.1, n.1 - I Congresso Nacional de Educação Matemática da Grande Dourados

    setembro 13, 2017 – setembro 15, 2017

SELAC - Seminário de Literatura e Arte Contemporânea - e-ISSN: 2594-4681

ANAIS - CADERNO DE RESUMOS:


SOBRE O EVENTO:

A realização do Seminário de Literatura e Arte Contemporânea (SELAC) é uma ampliação das discussões desenvolvidas no âmbito do Grupo de pesquisa “Estudos em Literatura e Arte Contemporânea” e pelos docentes e discentes do Grupo de Estudo InterArtes e do projeto de pesquisa “Simulacros fanopáticos do sujeito latino americano”, ligado à Faculdade de Comunicação, Artes e Letras (FACALE) e à Pró-Reitoria de Pesquisa da Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD).

A iniciativa pretende proporcionar ao participante um conjunto de reflexões e de instrumentos de leitura (de índole essencialmente teórica) que incidam sobre a relação entre diferentes produções discursivas: literária, musical, cinematográfica e pictórica. O diálogo entre a Literatura e outras manifestações artísticas é de fundamental importância para se refletir a sociedade, o ensino e a cultura, tendo em vista a abrangência e pertinência da discussão de Literatura comparada no espaço acadêmico.

O evento estimula reflexão crítica da contemporaneidade no que tange à abrangência das artes na sociedade, além de aguçar as propriedades estéticas das diferentes artes e seus influxos, sendo voltado à estudantes de Letras, de Artes e toda a comunidade.

As discussões mais recentes referentes à ressignificação do conceito de cultura, das novas roupagens literárias e de suas relações com outras artes, vêm ao encontro das preocupações deste evento, que se encontram, acima de tudo, direcionadas para os desafios lançados sobre o ensino, a pesquisa e a extensão universitária.

Além de suprir a carência desses estudos, o seminário também visa a focalizar as peculiaridades regionais das artes e suas relações com a tradição, suas influências sobre as manifestações artísticas locais, temática de suma importância para nosso tempo em que a disciplina de Literatura vem sendo sistematicamente mitigada na grade comum curricular. Como consequência desse descaso com o ensino da Literatura assistimos a formação de jovens brasileiros ser elaborada apenas a partir de conhecimentos técnicos e práticos, como se apenas disso dependesse a sua constituição subjetiva. É muito apropriado pontuar, nesse momento, que a consciência subjetiva só pode ser estruturada quando se puder limitá-la com o “outro”.

As subjetividades e o diálogo com o “outro” são princípios significativos em uma região fronteiriça como a que se encontra a cidade de Dourados. As peculiaridades dessa região de culturas diversas farão parte das discussões, mantendo o diálogo com a arte e com os sujeitos históricos que a tornam uma espécie de bifurcação cultural. O convívio com as comunidades estrangeiras torna necessário levantar a discussão sobre a identidade nacional, bem como a construção dessa identidade dentro de contextos políticos e sociais complexos. Propomos, um espaço de conhecimento e discussão acerca do universo que nos rodeia, por meio da partilha de experiências das pesquisas desenvolvidas e das práticas pedagógicas por elas norteadas.

O estudo da Literatura e das artes contribui para a formação de um repertório artístico pedagógico interligado ao contexto cultural, não dispensando o alcance da subjetividade e a simbologia da arte como representação do mundo e dos sujeitos que a fazem. Refletiremos sobre a arte na Educação e os espaços apreciativos dados a ela, tanto no ambiente escolar quanto no acadêmico. Nesse sentido serão estudadas e analisadas as relações entre algumas produções literárias e artísticas, mas também alguns dos fundamentos estéticos mais importantes que têm explicado, consentido e legitimado a relação entre a literatura e outras artes, com especial sua incidência sobre a crítica do século XXI.

 

CONTATO:

interartesufgd@gmail.com

selac.ufgd@gmail.com (apenas na época do evento)

 

:: Comunicadores:

  • São aceitos trabalhos/pesquisas que abordem as seguintes áreas do conhecimento: Letras, Literatura, Linguística, Artes Cênicas, Artes Visuais, Arte Contemporânea, Comunicação, Cinema, Teatro, Dança, Música, Mídias Sociais Digitais, HQ, Pedagogia, Educação, História.

 

  • IV SELAC - Seminário de Literatura e Arte contemporânea - 2019

    abril 24, 2019 – abril 27, 2019

    O presente Caderno de Resumos se refere às discussões realizadas durante as Sessões de Comunicações Coordenadas do Seminário de Literatura e Arte Contemporânea (SELAC). O SELAC é um projeto de extensão ligado à Pró-Reitoria de Extensão e Cultura (PROEX), à Faculdade de Comunicação, Artes e Letras(FACALE) e ao Programa de Pós-graduação Mestrado em Letras (PPGL) da Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD). O evento é organizado pelo Grupo de Estudo InterArtes desde 2016 e tornou-se uma ampliação das discussões desenvolvidas pelos docentes e discentes do projeto de pesquisa “Literatura e Outras Artes”.

  • III SELAC - Seminário de Literatura e Arte contemporânea - 2018

    setembro 29, 2018 – setembro 30, 2018

    Desde sua primeira edição, em 2016, é perceptível a expansão quantitativa do evento, confirmando a consolidação do SELAC no cenário acadêmico douradense. Em 2016, foram 80 ouvintes. No ano de 2017, 141 participantes, incluindo 40 comunicações. Já em 2018, mais de 20 instituições públicas e privadas estiveram presentes, contando com 66 apresentações de trabalho e um total de 204 participantes. De tal modo que os trabalhos acadêmicos apresentados na terceira edição do SELAC compõem este Caderno de Resumos – Anais 2018, sob o e-ISSN 2594-4681.

    Tendo em vista que a universidade deve proporcionar um espaço de conhecimento e discussão acerca do universo que nos rodeia, por meio da troca de conhecimento e de experiências das pesquisas desenvolvidas, esse evento tem se mostrado relevante na “formação necessária à nova geração que terá como trabalhar com textos que combinam e fundem diferentes meios e sistemas de signos, e que poderá então lidar com a maior parte da criação artística do nosso tempo” (CLÜVER, 1997, p. 54).

    Eventos como esse são de suma importância para a universidade, pois primam pela integração do ensino, da pesquisa e da extensão. Logo, o SELAC mostra-se necessário para que se atinjam os objetivos de uma universidade aberta ao debate, onde as ações artísticas sejam facilitadas à comunidade interna e externa, bem como por estar direcionado à preocupação relativa aos desafios lançados sobre o ensino, a pesquisa e a extensão universitária.

  • II SELAC - Seminário de Literatura e Arte contemporânea - 2017

    maio 22, 2017 – maio 24, 2017

    A realização do II SELAC ­ Seminário de Literatura e Arte Contemporânea é uma ampliação das discussões desenvolvidas no âmbito do Grupo de pesquisa “Estudos em Literatura e Arte Contemporânea” e pelos docentes e discentes do projeto de pesquisa “Simulacros fanopáticos do sujeito latino americano”, ligado à Faculdade de Comunicação, Artes e Letras (FACALE) e à Pró-Reitoria de Pesquisa da Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD). A iniciativa pretende proporcionar ao participante um conjunto de reflexões e de instrumentos de leitura (de índole essencialmente teórica) que incidam sobre a relação entre diferentes produções discursivas: literária, musical, cinematográfica e pictórica.

     

    O diálogo entre a Literatura e outras manifestações artísticas é de fundamental importância para se refletir a sociedade, o ensino e a cultura, tendo em vista a abrangência e pertinência da discussão de Literatura comparada no espaço acadêmico. O evento estimula reflexão crítica da contemporaneidade no que tange à abrangência das artes na sociedade, além de aguçar as propriedades estéticas das diferentes artes e seus influxos, sendo voltado à estudantes de Letras, de Artes e toda a comunidade.

    As discussões mais recentes referentes à ressignificação do conceito de cultura, das novas roupagens literárias e de suas relações com outras artes, vêm ao encontro das preocupações deste evento, que se encontram, acima de tudo, direcionadas para os desafios lançados sobre o ensino, a pesquisa e a extensão universitária.

    Além de suprir a carência desses Estudos, o evento também visa a focalizar as peculiaridades regionais das artes e suas relações com a tradição, suas influências sobre as manifestações artísticas locais, temática de suma importância para nosso tempo em que a disciplina de Literatura vem sendo sistematicamente mitigada na grade comum curricular. Como consequência desse descaso com o ensino da Literatura assistimos a formação de jovens brasileiros ser elaborada apenas a partir de conhecimentos técnicos e práticos, como se apenas disso dependesse a sua constituição subjetiva. É muito apropriado pontuar, nesse momento, que a consciência subjetiva só pode ser estruturada quando se puder limitá-la com o “outro”.

    As subjetividades e o diálogo com o “outro” são princípios significativos em uma região fronteiriça como a que se encontra a cidade de Dourados. As peculiaridades dessa região de culturas diversas farão parte das discussões, mantendo o diálogo com a arte e com os sujeitos históricos que a tornam uma espécie de bifurcação cultural. O convívio com as comunidades estrangeiras torna necessário levantar a discussão sobre a identidade nacional, bem como a construção dessa identidade dentro de contextos políticos e sociais complexos. Propomos, um espaço de conhecimento e discussão acerca do universo que nos rodeia, por meio da partilha de experiências das pesquisas desenvolvidas e das práticas pedagógicas por elas norteadas.

    O estudo da Literatura e das artes contribui para a formação de um repertório artístico pedagógico interligado ao contexto cultural, não dispensando o alcance da subjetividade e a simbologia da arte como representação do mundo e dos sujeitos que a fazem. Refletiremos sobre a arte na Educação e os espaços apreciativos dados a ela, tanto no ambiente escolar quanto no acadêmico. Nesse sentido serão estudadas e analisadas as relações entre algumas produções literárias e artísticas, mas também alguns dos fundamentos estéticos mais importantes que têm explicado, consentido e legitimado a relação entre a literatura e outras artes, com especial sua incidência sobre a crítica do século XXI.

Seminário Internacional Etnologia Guarani - e-ISSN: 2526-0863

O Seminário Internacional Etnologia Guarani emerge da necessidade de encontro e conversas entre pesquisadores indígenas e não indígenas em especial estudiosos e demais interessados sobre os povos falantes da língua guarani. O evento é uma parceria entre a área de ciências humanas da Licenciatura Intercultural Indígena Teko Arandu e o Programa de Pós-Graduação em Antropologia Sociocultural – PPGAnt/UFGD. Trata-se de evento conjunto entre a Faculdade Intercultural Indígena – FAIND e a Faculdade de Ciências Humanas – FCH, ambas da Universidade Federal da Grande Dourados – UFGD. O público alvo são os alunos do curso de Licenciatura Intercultural Indígena Teko Arandu, demais cursos da UFGD, de outras universidades e a sociedade em geral.

O cone sul do Mato Grosso do Sul atualmente é habitado por mais de 50 mil pessoas, Guarani e Kaiowá, distribuídos em dezenas de comunidades e variadas formas de assentamento. Conta com a presença de várias instituições de ensino superior, acessadas por centenas de indígenas na graduação e na pós-graduação. Assim, o estado tornou-se um expoente campo produtor de conhecimento e receptor de pesquisadores de distintas localidades e instituições que buscam produzir conhecimento nas diversas áreas sobre e com os indígenas falantes de guarani, denominados no Mato Grosso do Sul como Kaiowá e Guarani.

Ademais, a Universidade Federal da Grande Dourados comemora em 2016 dez anos da criação do primeiro curso específico para a população indígena Kaiowá e Guarani. Trata-se da Licenciatura Intercultural Indígena Teko Arandu, lotada na Faculdade Intercultural Indígena. Esta faculdade conta atualmente com mais de 200 acadêmicos cursistas e cerca de 120 professores kaiowá e guarani licenciados.

Em MS, há 15 anos atrás, não havia um único professor indígena com formação diferenciada. O VII Fórum de Educação Escolar Indígena, reunido na Aldeia Jaguapiru, Dourados – MS, contou com mais de 600 professores indígenas habilitados em cursos de formação de nível superior e médio. A estimativa do Fórum é que há, no estado, 800 profissionais indígenas de diversas etnias atuantes nas escolas indígenas. Este contexto confere relevância à reflexão sobre o papel dos professores indígenas em suas comunidades e os desafios da consolidação de uma educação diferenciada em sintonia com as necessidades das comunidades.

Temos assistido nas últimas décadas o recrudescimento das disputas territoriais com grande impacto sobre as populações indígenas do estado que vivem confinadas em reservas superpovoadas ou em áreas precárias à beira das rodovias, acampamentos e retomadas. Este cenário marca profundamente as especificidades do trabalho de campo em etnologia no Mato Grosso do Sul, pois é preciso considerar as experiências destas populações que afetam a sociedade do entorno e as universidades. A produção de conhecimento junto a comunidades indígenas em Mato Grosso do Sul é constantemente desafiada a contribuir no diálogo entre as iniciativas de intervenção do Estado e as demandas das comunidades.

Este momento de intercâmbio e troca de saberes proporcionará aos acadêmicos e pesquisadores das instituições de ensino e pesquisa e da sociedade em geral, um espaço de diálogos e de intercâmbios de experiências de trabalho de campo e abordagens metodológicas e teóricas.

  • II Seminário Internacional Etnologia Guarani: redes de conhecimento e colaborações

    setembro 24, 2019 – setembro 27, 2019

    O II Seminário Internacional Etnologia Guarani: redes de conhecimento e colaborações, foi realizado entre os dias 24 a 27 de setembro de 2019, na Universidade de São Paulo (USP).

    Nesta edição, a ênfase recai sobre a etnologia produzida pelos próprios Guarani, estimulando debates acerca do papel indígena na produção do conhecimento da disciplina antropológica, e problematizando e experimentando diferentes formas de “pacto”, “diálogo” ou “colaboração” entre estudiosos não indígenas e estudiosos e sabedores indígenas –  que inclui pesquisadores acadêmicos, mas também outros conhecedores de modos indígenas de saber que não passam pelo conhecimento acadêmico-científico.

    Realização: Centro de Estudos Ameríndios da Universidade de São Paulo (CEstA-USP), Grupo de Etnologia e História Indígena da Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD) e Departamento de Antropologia da FFLCH/USP.

    Apoio: Conselho Nacional de Desenvolvimento Cientifico e Tecnológico (CNPq), Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP), Programa de Apoio à Formação Superior e Licenciaturas Interculturais Indígenas da Faculdade Intercultural Indígena da UFGD (Prolind/FAIND/UFGD), Ação Saberes Indígenas na Escola/Núcleo USP, Centro de Pesquisa e Extensão em Direito Socioambiental (Cepedis), Centro de Trabalho Indigenista (CTI), Instituto de Pesquisa e Formação Indígena (Iepé),  Rede de Cooperação Amazônica (RCA) e Rainforest Foundation (RFN).

  • I Seminário Internacional Etnologia Guarani: diálogos e contribuições

    outubro 6, 2016 – outubro 8, 2016

    O Seminário Internacional Etnologia Guarani: Diálogos e Contribuições é um espaço de diálogos e de intercâmbios de experiências de trabalho de campo e abordagens metodológicas e teóricas. Ele emerge da necessidade de troca de saberes entre pesquisadores indígenas e não indígenas e demais interessados sobre os povos falantes da língua guarani.

    O cone sul do Mato Grosso do Sul, atualmente, é habitado por mais de 50 mil pessoas das etnias Guarani e Kaiowá, distribuídos em dezenas de comunidades, confinados em reservas superpovoadas ou em áreas precárias à beira das rodovias, acampamentos e retomadas. Nesse sentido, a produção de conhecimento junto a comunidades indígenas no estado é constantemente desafiada a contribuir no diálogo entre as iniciativas de intervenção do Estado e as demandas das comunidades.

    Somado a esse cenário, a UFGD comemora, este ano, dez anos da criação do curso específico para a população indígena Kaiowá e Guarani. Trata-se da Licenciatura Intercultural Indígena - Teko Arandu, lotada na FAIND. A Faculdade conta atualmente com mais de 200 acadêmicos cursistas e já formou cerca de 120 professores kaiowá e guarani licenciados.

    O evento é uma parceria entre a área de ciências humanas do Teko Arandu, o Programa de Pós-Graduação em Antropologia e a Faculdade de Ciências Humanas da UFGD. O público alvo são os alunos da Licenciatura Intercultural Indígena porém o convite à participação se estende aos demais cursos da UFGD, outras instituições de ensino e sociedade em geral.

     

Anais do Workshop de Pós-Graduação em Zootecnia e Ciência Animal do Estado de Mato Grosso do Sul - e-ISSN: 2525-7048

Workshop de Pós-Graduação em Zootecnia e Ciência Animal do Estado de Mato Grosso do Sul é um evento anual organizado pelos cursos de Pós-Graduação em Zootecnia e Ciência Animal do estado de Mato Grosso do Sul com o objetivo de integrar os cursos e promover o aperfeiçoamento dos discentes e docentes.

  • Anais do V Workshop de Pós-Graduação em Zootecnia e Ciência Animal do Estado de Mato Grosso do Sul - 2018

    outubro 3, 2018 – outubro 4, 2018
  • Anais do IV Workshop de Pós-Graduação em Zootecnia e Ciência Animal do Estado de Mato Grosso do Sul - 2017

    setembro 28, 2017 – setembro 29, 2017
  • Anais do III Workshop de Pós-Graduação em Zootecnia e Ciência Animal do Estado de Mato Grosso do Sul - 2016

    agosto 31, 2016 – setembro 1, 2016